A invenção da América

Theodore de Bry. Mapa da América Central e do Sul; Americae Tertia Pars . 1562

«Al  Occidente van las naves de regiones”, escreveu Juan de Castellanos. Miragem de Colombo, invenção europeia, a América demorou a ganhar identidade própria no universo mental do velho mundo. A resistência dos velhos paradigmas condicionou a recepção da novidade, moldando o novo mundo. Deslumbramento, desencanto, saudade, desassossego, são sentimentos expressos nas fontes narrativas, na toponímia e nas cartas privadas de emigrantes.

Eis o que desenvolve Maria da Graça Mateus Ventura no ensaio historiográfico que publicamos na subpágina.